< Voltar

Livro Diário da Corregedoria Nacional de Justiça

O Livro Diário é escriturado com nível exemplar de qualidade, seguindo o seguinte fluxo de trabalho:

1. O Notário ou Registrador, ou um de seus prepostos, envia ao SERAC os emolumentos recebidos no mês, cópia de todas as despesas, bem como o comprovante de pagamento destas.

2. O SERAC faz uma análise jurídica para atender ao Órgão Corregedor (conforme provimento 45/2015 da CNJ).

3. A partir disso, efetua-se a escrituração do Livro Diário, sempre comunicando ao cliente possíveis inconsistências, documentos faltantes e outras ocorrências.

4. O livro escriturado e o Relatório de Ocorrências são enviados ao Notário ou Registrador para que vire acervo do Cartório a fim de apurar a saúde financeira da Serventia.

Algumas obrigações do Estado em que o Cartório está inserido são abrangidas por esse serviço. Consultar-nos conforme o caso.

Orçamento

Cadastre-se

Para ver este conteúdo, preencha o formulário abaixo:

Fechar
Cadastre-se

Antes de acessar, fale um pouco mais sobre você!

Fechar